Missa de 29.04.2012 “Jesus, o Bom Pastor que dá a vida por suas ovelhas”

No Quarto Domingo da Páscoa, as leituras nos mostram o Cristo Bom Pastor que reúne a nós, ovelhas de seu rebanho. Ele nos conhece profundamente e chama pelo nome para celebrarmos, com ele, o mistério da Sua Páscoa.  De um modo especial, rezemos por todos os que escutam o chamado de Jesus e se dispõem a segui-Lo, numa vida de consagração. Na Paróquia São Pedro, em Taguatinga (DF), a Santa Missa das 8 horas foi presidida pelo Padre José Alves, assistido pelo Diácono Francisco. Nossa resposta ao Salmo foi: “A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se agora a pedra angular”.

 Evangelho: João 10, 11-18

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus: 11“Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas.12O mercenário, que não é pastor e não é dono das ovelhas, vê o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge, e o lobo as ataca e dispersa. 13Pois ele é apenas um mercenário que não se importa com as ovellhas.

 14Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem, 15assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas. 16Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil: também a elas devo conduzir; elas escutarão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. 17É por isso que meu Pai me ama, porque dou a minha vida, para depois recebê-la novamente. 18Ninguém tira a minha vida, eu a dou por mim mesmo; tenho poder de entregá-la e tenho poder de recebê-la novamente; esta é a ordem que recebi de meu Pai”

 – Palavra da Salvação. 

– Glória a vós, Senhor.

O sacerdote saudou a comunidade e iniciou a homilia dizendo que na época em que Jesus viveu, havia muitos pastores de ovelhas no campo e ele observava o cuidado que esses pastores tinham para que os lobos não devorassem suas ovelhas. Costumavam ter nas mãos um cajado com o qual defendiam o seu rebanho. Da mesma forma, os nossos bispos, quando são ordenados, recebem um cajado para conduzir e defender a nós que somos seus rebanhos.

 Padre José citou São João que, no  capítulo 10 do  Evangelho por ele escrito, diz que Jesus veio para que todos tenham vida e a tenham em abundância. Esse trecho define a missão de nosso pastor, Jesus Cristo, defender a vida e a dignidade humana. Esse foi o objetivo da sua missão, ir ao encontro dos doentes, dos marginalizados, levando-lhes palavras de vida eterna, trazendo-lhes ao coração a paz e a alegria de viver.

 Jesus deu sua própria vida para que tivéssemos vida e vida em abundância. Ressuscitado, vive no coração de cada homem e cada mulher que crê. Estamos a caminho de Pentecostes, homens e mulheres orantes, revestidos do Espírito Santo. O sacerdote frisou que o mercenário só se preocupa com o dinheiro e outros interesses pessoais. Jesus, o Bom Pastor, por sua vez, protege, cuida, conduz e dá a vida por suas ovelhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *